Concentrated Solar Power

Outro Mega Solar Projeto de USD $737 Milhões de Dólares em Nevada

Início da Usina CSP Tonopah, Nevada, USA (clique para ampliar)

O Departamento de Energia dos EUA anunciou mais uma garantia de empréstimos para apoiar projetos de geração de energia solar no estado de Nevada

Mais uma mega usina de energia solar termal concentrada (CSP) recebe um compromisso condicional de uma garantia de empréstimo de USD $737 milhões dólares do governo americano.

Estes recursos visam apoiar a construção do Tonopah projeto de 110 megawatts que vai usar a tecnologia de sal fundido integrada com torre CSP .

O projeto será o primeiro de seu tipo nos Estados Unidos com a mais alta torre de CSP do mundo. Está Localizado a 14 quilômetros a noroeste de Tonopah, Nevada em uma área de 2.250 hectares arrendados do “Bureau of Land Management”.

A empresa prevê que a instalação vai criar 600 postos de trabalho na construção e 45 postos de trabalho quando em operação.

O projeto tem várias características inovadoras, incluindo uma estrutura com torre CSP de 195 metros de altura e um sistema de armazenamento à base de sal fundido que irá captar a energia térmica do sol concentrada por 17.500 helióstatos.

O sistema de armazenamento de sal fundido faz com que a energia térmica do sol possa ser armazenado por até dez horas, permitindo a alimentação constante e ininterrupta da usina durante o pico de demanda de energia elétrica, apesar da cobertura de nuvens, e até mesmo à noite.

Isso aumenta a estabilidade da rede e reduz a necessidade de poluição de carbono que emitem os geradores a gás que atualmente suplementam tecnologias intermitentes de geração de energia renovável durante períodos nublados ou durante a noite. A tecnologia de sal fundido foi demonstrado e validada em dois projetos pilotos nos EUA.

Diagrama de CSP com Armazenamento a Base de Sal Fundido (clique para ampliar)

Uso de sal fundido já vem sendo usado há certo tempo em outros processos, como a fabricação de aço e alumínio. Mas só bem recentemente, foi descoberto sua praticabilidade em CSP que o torna aplicável e valioso para as usinas de energia solar concentrada.

As características mais marcante do sal fundido são, entre outras, atingir temperaturas muito elevadas (mais de 700 graus Celsius) em estado líquido e, o mais importante, ser ótimo condutor de calor  possibilitando trocas ou transferências de calor tanto para o vapor d’agua como para o ar ao seu redor.

O princípio científico por trás dessa inovação é que o derretimento dos sais só acontecem à altas temperaturas e permanecem neste estado somente passando ao estado gasoso a temperaturas muito mais elevadas. Deste modo, podem ser usados para armazenar uma grande quantidade de energia do sol em forma de calor sem sair do estado líquido.

Os sais fundidos são, então, colocados isoladamente nas proximidades de água ou ar funcionando como um trocador de calor. O vapor quente da água ou o ar quente, por seu turno, são  usados para girar turbinas de vapor ou gas respectivamente sem perder muito da energia solar absorvida inicialmente.

O projeto deverá produzir cerca de 500.000 megawatts / hora anualmente , suficiente para abastecer mais de 43.000 casas.

A energia produzida pelo projeto já está vendida a Nevada Power Company, uma subsidiária da NV Energy, Inc. e ajudará a empresa cumprir suas metas de geração de Energia Renovável para Nevada.

Temas Realacionados:

Comments are closed.