SQLSystems

Bio-Combustível Aquícola Recebendo U$ bilhões em Pesquisas e Desenvolvimento

Definição de Bio-Combustível Aquícola : Todo e qualquer bio-combustível ou forma de bioenergia que usa como matéria prima produtos ou sub-produtos cultivados, colhidos, gerados ou capturados em ambientes aquáticos naturais ou artificiais.

O Processo de Produzir Biocombustíveis Aquícolas (Querosene de Aviaçao) a Partir de Algas

O Processo de Produzir Biocombustíveis Aquícolas - Querosene de Aviação - a Partir de Algas (clique para ampliar)

A era dos bio-combustíveis aquícolas, como a denominamos, chegou e está aí para mudar, transformar e inovar as fontes  energéticas deste planeta para sempre. Hoje não falamos mais se pode ser, mas quando vai ser em grande escala.

Afinal o petróleo bruto nada mais é do que algas que foram submetidas a um longo processo de pressão e calor resultando na mais importante fonte de energia atualmente usada na terra.

Contudo, como todo produto não renovável,  um dia termina, por mais que se descobram novas campos como o pré-sal. Sem falar nas consequências danosas para o meio ambiente que as emissões dos derivados petrolíferos causam.

Os cientistas sabem há muito tempo que as algas são as formas mais primitivas de vida vegetal que produzem  lipídios ou óleos em suas células que podem ser extraídos e transformados em bio-combustíveis aquícolas.

Nossos cientistas descobriram particularmente raças de algas ricas em óleo que crescem rapidamente em  biorreatores e tanques abertos quando alimentadas com nutrientes vindos de água de estações de tratamentos de esgotos e recebem muito sol. A injeção de CO2 no sistema  acelera ainda mais o crescimento das algas.

Estamos também desenvolvendo tecnologia de ponta de extração de óleo e transformá-lo em biodiesel, gasolina e combustível aquícolas para aviação.

Ao contrário dos veículos movidos a hidrogênio ou veículos elétricos, o bio-combustível aquícola feitos de algas não exigirá novos motores para usá-los ou novas infra-estruturas para transportá-los. O bio-combustível aquícola será muito semelhante ao diesel que os caminhões e carros consumem e combustível JP-8 que os aviões a jato queimam.

Outro bônus é que as algas são considerados neutros em carbono. Ela produz oxigênio e absorve o dióxido de carbono enquanto cresce e então libera a mesma quantidade de CO2 quando é consumido. O dióxido de carbono na atmosfera é considerado uma das principais causas de poluição do planeta.

Massivos Investimentos em R&D de Algas

Massivos investimentos em pesquisas e desenvolvimento têm sido aplicados em várias partes do mundo em biocombustíveis aquícolas, colocando recursos como micro algas,  plantas aquáticas multicelulares e resíduos industriais de pescado como top alternativas viáveis para se criar um futuro energético renovável e sustentável como nunca tivemos antes.

Atualmente nos Estados Unidos foram aplicados vários U$ bilhões de dólares tão somente em pesquisas de algas em seus  diversos segmentos e especialidades. Somente no campo de  engenharia genética temos mais de 1 bilhão de dólares aplicados em universidades, centros de pesquisas e  laboratórios públicos e privados da nação americana. 

No campo da exploração comercial, a cada dia ouvimos notícias de empresas que estão não somente pesquisando, mas iniciando produção em escala piloto de bio-combustíveis aquícolas baseados em algas.

Biodiesel Aquicola já Estar aí para Valer

A produção de biodiesel aquicola a partir de resíduos de pescado já é uma realidade mundial.  Se sua processadora ainda não está transformando resíduos e águas residuais vindos da sala de processamento em combustível  líquido, você está jogando ouro pela janela.

A questão é quando o Brasil e outros países líderes em energia renovável e sustentável, excluindo os USA, vão dedicar recursos e massa cinzenta no desenvolvimento de tecnologias renováveis e sustentáveis baseadas em recursos aquáticos como as algas.  Não podem ficar para trás nesta corrida!

Petro-Químicos versus Green/Bio-Químicos

Acontece que algas não são tão somente bio-combustíveis aquícolas. Praticamente, tudo que fazemos com os petroquímicos podemos fazer com os bioquímicos vindos das algas. Produtos químicos extraídos das algas podem ser  usados, por exemplo,  como matéria prima para produzir bio-plásticos. Bem este é o assunto para outro artigo sobre Bio-Químicos Aquícolas que vamos escrever mais adiante.

Artigos relacionados sobre Biocombustíveis:

Comments are closed.