BioCombustíveis Aquícolas

Químicos Verdes: Essenciais na Viabilização dos Programas de Green-Bio-Combustíveis

Coloboração: Dr. John Kyndt – Head do Programa de Energia Renovável do Advanced Energy Creations Lab .

Um fundamental ponto muitas vezes ignorado pelos cientistas, políticos e jornalistas de mídia defensores da substituição de todo o petróleo bruto de origem fóssil por recursos renováveis, é o fato de que muitos produtos derivados do refino do petróleo desempenham um papel essencial na nossa vida quotidiana.

Green-QuimicalsHoje, 10% de todo o petróleo bruto produzido é usado para a produção de produtos químicos industriais.

Em geral, esses produtos químicos são significativamente mais importantes economicamente do que os combustíveis de transporte.

Pense em todos os produtos para o lar, tintas e plásticos que estamos usando em uma base diária vindo dos pólos petróleo.

Cerca de 95% de todos os produtos químicos que usamos no nosso cotidiano tem origem na petroquímica de combustíveis fósseis, e a maioria destes pode ser rastreada para apenas a sete módulos ou derivados básicos: metanol, eteno, propeno, butadieno, benzeno, tolueno e xileno.

Estes sete blocos básicos de matéria-prima começam essencialmente ou têm o petróleo como um ponto de partida para tudo que vem depois. É claro que a nossa sociedade na sua forma atual é fortemente dependente do petróleo bruto.

Qualquer recurso alternativo sustentável que pretende substituir o petróleo fóssil deve ser capaz de fornecer não só a demanda de combustíveis de transporte, mas também para a indústria química que movimenta bilhões de dólares.

Green-quimicals2Para fazer com que todo o óleo bruto não fóssil seja um substituto viável do petróleo é importante maximizar e diversificar a utilização dos recursos renováveis que normalmente são somente usados para a produção de combustível.

Em um mundo ideal, um verdadeiro recurso sustentável renovável é aquele que não deixe que nada seja desperdiçado. Tudo é reciclado, renovado, re-usado.

Uma vez que a biomassa é extraída de suas fontes de combustível (por exemplo, lipídios e carboidratos de algas, pinhão-manso ou cana-de-açúcar), o que sobra deve ser utilizado para a produção de subprodutos viáveis.

Na realidade, as atuais matérias-primas renováveis estão longe de ser ideais. Contudo, estamos em pequena escala explorando tecnologias custos-eficientes que convertem o glicerol (um subproduto importante da produção de biodiesel) e etanol parcialmente purificado em produtos químicos de alto valor.

Estes subprodutos podem então ser os blocos de matéria-prima para a implantação de uma crescente e sustentável indústria química renovável. Um sistema de processamento que transforma as sobras do recurso renovável em valiosos produtos (desde combustíveis, a produtos químicos verdes ou até mesmo para ração animal) poderia tornar a produção global economicamente viável. Esta é uma das áreas-focus da nossa equipe de cientistas no nosso Advanced Energy Creations Lab – AEC-L.

A Atenção Atual na Mídia e Projetos Governamentais

A atenção atual na mídia e projetos financiados pelo governo é a produção de combustível como um produto final a partir da biomassa de plantas, algas e outras fontes renováveis. Pouco ou zero focos  é dado sobre o uso de subprodutos.

No entanto, existe um emergente volume de pesquisas desenvolvidas pelo nosso grupo e outros cientistas do mundo, sobre as substâncias químicas que podem ser produzidas a partir de biomassas energéticas atuais.

Pete-ProdutosO foco inicial está concentrado nos produtos químicos que são os mesmos produzidos a partir das fontes de petróleo.

Todas estas green matérias-primas ou blocos de construção para os produtos estratégicos do nosso dia-a-dia, como plásticos, tintas, cosméticos e podem ser incorporados facilmente e diretamente na indústria química atual.

Além disso, nosso AEC-L está também concentrado no desenvolvimento de tecnologia de ponta para produção de produtos químicos verdes alternativos que não estão atualmente sendo produzidos a partir de combustíveis fósseis. Muitos deles têm um potencial concreto em um futuro não distante de substituir os atuais produtos petroquímicos como o ácido láctico e propanediols.

Ao desenvolvermos tecnologias avançadas para todos esses produtos químicos, é importante darmos especial atenção no sentido de manter o processo glocal renovável e sustentável. Isto é fundamental para mostrarmos na prática a sustentabilidade da matéria-prima.

Portanto, acreditamos que a incorporação de uma plataforma de produção de químicos verde em qualquer programa de biocombustíveis é uma estratégia importante tanto do ponto de vista econômico e sustentável como da aceitação junto à população.

Mais informações sobre biocombustíveis:

1 comment to Químicos Verdes: Essenciais na Viabilização dos Programas de Green-Bio-Combustíveis

  • ÓTIMO, ARTIGO PARA O DESENVOLVIMENTO DOS NOSSOS ESTUDANTES E PESQUISADORES PRINCIPALMENTE PARA O BRASIL E BELO JARDIM; ESPERO QUE A GRAÇA DE NOSO DEUS PREENCHA TODAS AS LACUNAS E EM UM FUTRO BEM PRÓXIMO POSSAMOS USAR ESTA FONTE DE COMBUSTÍVEL.

    UM ABRAÇO E PARABÉNS PELO OS ESTUDOS.

    DEUS ABENÇOE