Bio-querosene de Aviação

Companhias Aéreas Esperam Recuperação Global em 2010 mas Continuam Dependentes do Petróleo

Transportando  Diariamente ao Redor de 2,5 Milhões de Pessoas

Cada dia as companhias aéreas transportam  ao redor de 2,5 milhões de pessoas em média e suportam 32 milhões de empregos  movimentando anualmente cerca US$ 3.2 trilhões de dólares em todo o mundo.

O grande desafio é como manter os benefícios sociais e econômicos do transporte aéreo, sair da dependência do petróleo fóssil e eliminar o seu impacto sobre o meio ambiente.

Isto tem a ver diretamente com a recuperação econômica-financeira da indústria aérea e procurar alternativas sustentáveis e renováveis para os combustíveis atualmente utilizados.

A Indústria Aérea Mundial Deve Sair do Vermelho em 2010

A indústria aérea mundial deve sair do vermelho e fazer seu primeiro lucro em três anos, segundo um relatório da IATA – International Air Transport Association divulgado nesta segunda-feira.

A  Association anunciou que espera obter um lucro de US $ 2,5 bilhões em 2010, o primeiro da indústria desde 2007.

Isto é bem diferente das prejuizos dos anos anteriores. Somente em 2009 houve uma perda de US $ 10 bilhões. “Nossa resistência foi testada pela doença, guerra, terrorismo, elevação abrupta dos preços do petróleo e até mesmo um vulcão”, disse Giovanni Bisignani, CEO da IATA, fornecendo uma lista de problemas da indústria ao longo dos anos em uma reunião em Berlim.

Para o futuro, Bisignani pintou um retrato de “otimismo cauteloso”. Ele notou que as transportadoras na região da Ásia-Pacífico estão esperando  uma recuperação mais forte, com uma previsão de lucro de US $ 2,2 bilhões este ano. As companhias aéreas na América do Norte também estão esperando ter um lucro de US $ 1,9 bilhões, e as transportadoras da América Latina são projetadas para estar no preto por US $ 900 milhões.

“O tráfego global está de volta aos níveis pré-recessão”, disse Bisignani.

Ele acrescentou que algumas áreas estão tendo uma recuperação mais forte do que outras. Companhias do Oriente Médio e África estimam ter um lucro total de US $ 100 milhões em 2010, segundo a IATA.

E a Europa, que está sendo particularmente atingida duramente pela recessão, é a única região que deverá sofrer uma perda, de US $ 2,8 bilhões em 2010 segundo o relatório.

O vulcão islandês que parou o tráfego europeu no início deste ano teve muito a ver com perda projetada para o velho Continente. A erupção do vulcão provocou uma enorme nuvem de cinzas que paralizou o tráfego aéreo em toda a Europa, encalhando 10000000 passageiros e custando à economia US $ 5 bilhões, incluindo US $ 1,8 bilhão em receitas não ganhas, segundo a IATA.

A  Volatilidade dos Preços dos Combustíveis Baseados no Petróleo Fóssil

Como temos afirmando neste site,  as empresas aéreas privadas são as que mais sofrem com a dependencia do óleo fóssil. É a tal volatilidade do preço do combustível. A indústria aérea deve procurar alternativas e romper com a tirania do petróleo e mudar para os biocombustíveis produzidos a partir da jatrofa, camelina, algas e plasmalyis-syngas-green-combustíveis vindos do lixo urbano.

Segundo o relatorio apresentando, algumas companhias se comprometeram a adquirir aviões movidos a biocombustíveis. Contudo segundo a IATA, os governos mundiais devem fazer mais para estimular o uso desta nova tecnologia através de financiamento de pesquisas, experiencias pilotos  e outros tipos de  estímulos.

Segundo os dados, até o momento somente  US $ 600 milhões dólares foram investidos na geração de tecnologias de bio-combustíveis para aviação, o que é bem abaixo do que está sendo investido em  outros setores.

Tecnologias Que Podem Ajudar à Produção de Querosene de Aviação

A seguir apresentamos uma lista de algumas possiveis tecnologias que podem ajudar a transição do óleo fóssil para bio-energia na indústria da aviação:

  • Algas tecnologias, bio-combustíveis aquícolas, cianobactérias, Lemna e plataformas de plâncton
  • Camelina – Expansão  de cultivo
  • Consolidado bioprocessing
  • Conversão direta de combustíveis microbial sem biomassa intermediária
  • Electrofuels
  • Fischer-Tropsch tecnologias
  • Genética avançada para melhoramento de plataformas na transformação de matérias-primas
  • Pinhão-manso (Jatropha) tecnologias – viabilização de tecnologias de cultivo, colheita e processamento.
  • Plasmalysis-Pirólise-Syngas tecnologias – Gas to Fuel  tecnologias
  • Matérias-primas tolerantes a salinidade, regiões áridas e solos probres.

Artigos relacionados sobre Biocombustíveis:

Comments are closed.