SQLSystems

Produzindo Bio-Combustíveis Aquícolas – BioJetFuels – a Partir de Algas

Abaixo mostramos um diagrama simplificado produzido pela EADS (Airbus) de um dos processos de produção de Bio-Combustíveis Aquícolas – BioJetFuels – a Partir de Algas. O gráfico mostra o atual estágio da tecnologia de refino baseado na extração do óleo de algas.

No cultivo das algas, o dióxido de carbono, água e sais minerais como o cálcio e o ferro são necessários. O ingrediente mais essencial, porém, é a luz solar, que fornece às algas a energia necessária para reproduzir e crescer.

As algas podem ser colhidas até diariamente. Filtros e uma centrífuga e outros processos são utilizados para remover 90% da água, que é principalmente reciclada nos sistemas AquaFuelPonics. O óleo contido nas algas é extraído por processos mecânicos ou químicos a partir da biomassa e refinada em biocombustíveis aquícolas entre eles o biojetFuel or bio-querosene de aviação.

O Processo de Produzir Biocombustíveis Aquícolas (Querosene de Aviaçao) a Partir de Algas

Diagrama Simplificado do Processo de Produzir Biocombustíveis Aquícolas (Querosene de Aviação) a Partir de Algas

Na tecnologia acima, cada 100 kg de biomassa de algas cultivadas absorve 180 kg de CO2. Destes 100 kg, pode ser obtido um rendimento (extração) atual de 22 litros de óleo de algas, que podem então ser refinados em 21 litros de biocombustível. Os restantes 80 kg de biomassa de algas pode ser usado para produzir mais bio-combustíveis (high-tech plasma tecnologia) e outros fins, como alimentação animal, adubo ou energia / calor.

Artigos relacionados sobre Biocombustíveis:

 

Comments are closed.