Aquicultura

As Exportações Aquícolas Chinesas Atingem US $10,7 Bilhões nos 10 Primeiros Meses de 2010

(clique para ampliar)

Dados divulgados hoje mostram que as exportações chinesas aquícolas e de outros produtos aquáticos aumentaram 9,2 por cento nos primeiros 10 meses do 2010 atingindo 2,6 milhões de toneladas, enquanto as importações caíram, segundo informou o Ministério da Agricultura da nação asiática.

O valor das exportações, incluindo a tilápia, mariscos, pérolas e outros produtos aquáticos, incrementou em 26 % atingindo um recorde de US $ 10,7 bilhões, superando as importações em US $ 5,3 bilhões, informou o ministério. As importações caíram 0,7 por cento.

As exportações de produtos aquáticos para os maiores compradores da China – Japão, a União Européia, os EUA e a Coréia do Sul – subiram dois dígitos este ano, comparados com o ano anterior, num crescimento sem precedente.

Produtos aquícolas e aquáticos representam 28 por cento das exportações agrícolas da China, o maior componente individual, entre todos, segundo o ministério chinês.

O Brasil Tem Todas as Condições de Ser em Curto Prazo uma Potencia Mundial Aquícola

Como temos  mostrado em vários posts do MyBeloJardim, o Brasil tem todas as condições de ser a curto prazo uma potencia mundial em Aquicultura e BioCombustíveis Aquícolas.

Como exemplos de modelos de sucesso, escrevemos artigos anteriores sobre os sucessos dos projetos de cultivo de Tilápia em tanques-redes das Associações do Padre Antonio e Ivone no Rio São Francisco e o fenômeno mundial do Pangasius sp, bagre nativo do rio Mekong do sudeste Asiático.

Como também temos escrito, o Brasil, a oitava economia do mundo, tem 10 milhões de hectares de lâmina d’água em reservatórios de usinas hidrelétricas e propriedades particulares no seu interior, e detém 13,7% do total da reserva de água doce disponível no mundo, além do potencial das grandes bacias hidrográficas para produção aquícola.

O Brasil tem 8,5 mil km de costa marítima, com uma Zona Econômica Exclusiva de 4 milhões de quilômetros quadrados, o que significa metade do território brasileiro.

Não dá para conceber como tendo todo este potencial aquícola, o Brasil não é ainda autosuficiente na produção de pescados e continua importando peixes do Chile, Noruega, China e até do longínquo Vietnã distante 17.180,00 km (dezessete mil e cento e oitenta kilometros) para suprir a demanda de local.

Esperamos que os líderes nacionais despertem para este tão grande potencial que pode gerar $bilhoes, criar milhares de empregos, vida decente (Projeto das Associações de Piscicultores do Padre Antonio e Ivone Trazendo Dignidade e Renda de 2-4 Salários Mensais) e prosperidade para nossa gente.

Temas Relacionados:

Comments are closed.