Historia

(Fonte: wikipedia)

A Fazenda Capim, onde se originou a atual cidade de Belo Jardim, em 1833 já fazia parte do Distrito de Paz de Jurema, pertencente a nova comarca do Brejo da Madre de Deus. Aos poucos, a fazenda de propriedade de Joaquim Cordeiro Wanderlei foi abrigando novos moradores, evoluindo rapidamente para um núcleo populoso que manteve o nome de Capim.

No povoado foi erguida uma pequena casa de orações onde, aos domingos, o pároco de Brejo da Madre Deus celebrava missas. Entre 1872 e 1873, os moradores do povoado Capim construíram uma capela sob a invocação de Nossa Senhora do Bom Conselho. Anos depois outra igreja foi erguida, esta em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, que mais tarde seria a igreja-matriz do Município.

Esse nome foi mudado para Belo Jardim em 1881, por sugestão de Frei Cassiano de Camachio, quando pregava as missões naquela localidade. Progredindo a passos largos, foi elevada a categoria de vila através da lei estadual Nr. 260, de 3 de julho de 1897. O progresso de Belo jardim intensificou-se mais ainda a partir de sua nova situação administrativa e, especialmente, por encontrar-se no eixo da grande via de comunicação representada pela Estrada de Ferro Central de Pernambuco, cujos trilhos chegariam a sua área urbana em 1906, trazendo uma nova era para a localidade beneficiada, e ostracismo para os que ficaram ao largo.

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM

Localiza-se a uma latitude 08º20’08” sul e a uma longitude 36º25’27” oeste, estando a uma altitude de 608 metros. Sua população estimada em 2007 era de 80.963 habitantes. Fundação: 11/09/1928, Gentílico: belo-jardinense

LOCALIZAÇÃO:

Estado: Pernambuco. Mesorregião: Agreste Pernambucano. Microrregião: Vale do Ipojuca. Região Metropolitana: Caruaru. Municípios limítrofes: Norte: Brejo da Madre de Deus. Sul: São Bento do Una. Leste: Tacaimbó, Pesqueira. Oeste: Sanharó.

Ficheiro:PE-mapa-Belo-Jardim.png
DADOS GERAIS ESTIMADOS PELO IBGE:

Área: 648 km². Localização: Distante 185 km da Capital. Acesso: BR-232. Altitude da cidade: 617 m nível do mar. Densidade: 109,96 hab./km². Clima: Tropical chuvoso com verão seco As’. Fuso Horário: UTC-3. Solo: Cascalhento . Relevo: Ondulado e forte ondulado. Vegetação: Floresta subcaducifólia. Ocorrência Mineral: Calcáreos. Precitipação Pluviométrica Média Anual: 955,6 milímetros. Meses Chuvosos: Março – Abril.

 

INDICADORES:

IDH: 0.625 PIB: R$ 355.213 mil PIB Per Capita: R$ 4.817,00

PERFIL ECONÔMICO - ATIVIDADES PRINCIPAIS:

Agroindústria com maior potencialidade de desenvolvimento para produtos alimentícios e avicultura. Principais produtos: Feijão, milho, batata-doce, banana, café, mandioca, tomate, alho, cana-de-açúcar e goiabada.

Comporta também a Matriz de uma importante Indústria do segmento automotivo voltada à produção de acumuladores de chumbo-ácido, a Acumuladores Moura S.A. (Baterias Moura); além das empresas Cremosinho Sorvete de Iogurte; Cirutex Produtos Cirúrgicos; Carbom Mania, de bolsas; EMPAC, fábrica de pré-moldados; Miriam & Brenda Confecções; Danata, fábrica de iogurtes; Aço Coelho, móveis tubulares, instaladas após o ano de 2004 com o incentivo do prefeito atual João Mendonça Bezerra Jatobá. E outras indústrias que já existiam como a Palmeiron; Natto Mafisa e Mipiaci.

PECULIARIDADES:

Belo Jardim além de ser o berço de Empresarios poineiros e inovadores, Educadores famosos e Cientistas renomados internacionalmente, é também a cidade de maior representatividade musical no Estado.

Ali a música é uma herança que passa de pai para filho e não é raro encontrar famílias inteiras dedicadas à arte de tocar um instrumento. Essa tradição vem desde o início do século XIX, quando se formaram as primeiras bandas da então Vila de Nossa Senhora da Conceição de Belo Jardim.

O número de músicos nascidos em Belo Jardim é tão significativo que em praticamente todas as bandas ou orquestras pernambucanas (além de várias orquestras nacionais) existe ou já existiu um representante da cidade. Alguns exemplos: a banda do IV Exército tem quatro músicos belojardinenses.

Músicos da cidade também atuam na Super Oara e na Orquestra Pinga Fogo. O primeiro arranjador de Roberto Carlos era belojardinense, assim como o maestro Mozart Siqueira, criador da Orquestra Meninos de São Caetano. E pela Orquestra Sinfônica do Rio de Janeiro passaram vários músicos de Belo Jardim.

Terra do cantor Otto, Belo Jardim guarda histórias fantásticas relacionadas à música. Um desses episódios ocorreu em 1953, quando as bandas rivais Filarmônica e Cultura disputavam para encerrar uma festa de rua e, como nenhuma abria mão de ser a última a se exibir, as duas permaneceram tocando 15 horas seguidas.

O impasse só foi resolvido com a intervenção do Juiz de Direito, do promotor, do prefeito e do delegado da cidade que promoveram o seguinte acordo: os músicos iam sendo retirados paulatinamente, um de cada lado, até que a música silenciasse.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

  

  

  

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.